sábado, 1 de setembro de 2012

Chegou a minha vez de sorrir.




Hoje sinto como é bom me sentir viva. Engraçado como nós só precisamos de um bom motivo pra sorrir não é? Eu senti aquele orgulho de mim mesma, profundamente hoje. Descobri o quão eu consigo alcançar meus objetivos quando eu realmente estabeleço metas, vontade e sonhos. Quando sai da casa dos meus pais, aos 21 anos, as pessoas me condenaram, riram e até acharam que em menos de seis meses eu voltaria.
Pois é, quem está rindo agora? Agora, com quase 25, estou casada, formada, com trabalhos de freelancer que garantem meu sustento, me descobrindo cada dia mais.. e o mais importante: ME AMANDO. Eu retrato sobre meu amor próprio, sobre me olhar por dentro e ver que a velha garotinha ainda se encontra aqui, carinhosa como sempre, espontânea e sim, sem papas na língua. Eu não ligo mais pro seu sujo e baixo pré-conceito. Aprendi a me firmar pelas minhas próprias escolhas, e esse é o melhor caminho que eu já pude escolher.
Bom, eu só quero que a inveja alheia nem tenha coragem de bater a minha porta, porque aqui, não tem espaço pra você me desanimar não. Aqui tem uma vencedora. Tem uma mulher que vence todos os dias a saudade da família, dos amigos mais íntimos, das pessoas que a conhecem, mas nem por isso, deixa de trilhar o caminho que escolheu por si só. OBRIGADA aos que sempre acreditaram nas minhas vontades mais loucas, aos que sempre me deram força e me apoiaram quando eu não queria mais continuar naquele caminho. Obrigada de coração, se hoje estou assim, com esse sorriso estampado, vocês tem muita culpa. Caminho, que tem me levado aos sorrisos mais gostosos e essa sensação de tarefa quase cumprida.. quase? Quase. Porque eu nunca vou desistir de tentar.

1 comments:

Mimieux disse...

quem te deu o direito de falar da minha vida pessoal? han han? hahaha SUA LINDA, TE AMO TE AMO TE AMO! /primalinda

Postar um comentário